quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Paschimottanasana - postura da pinça



Técnica: Sente-se reto, mantendo as pernas juntas e esticadas, com os dedos dos pés voltados para o corpo. Inspire e alongue os dois braços por sobre a cabeça, paralelos às orelhas. Alongue a coluna para cima o mais que puder. Mantenha o alongamento, expire e dobre-se para frente, até tocar os dedos dos pés. Mantenha as costas e as pernas as mais retas possíveis. Se não conseguir chegar alcançar os dedos, segure o calcanhar, as canelas ou mesmo os joelhos. Traga o peito o mais perto possível das coxas. Mantenha os joelhos retos e os pés juntos. Não permita que os pés e as pernas girem para fora. Tente manter os pés retos e seus dedos voltados para a cabeça.Tente manter a coxa e os músculos da panturrilha relaxados. Não se balance; não tente forçar o corpo para baixo.
Respiração: Livre, você pode imaginar que esta respirando para os quadris e , a cada expiração, está expulsando um pouco da tensão da parte inferior da coluna (lombar). Na medida que a tensão é expelida, você sentirá o corpo baixando mais.
Permanência:5 minutos.
Concentração:Para fins espirituais em   Swadhisthana   Chakra. Como exercício físico e mental, no abdome, na relaxação dos músculos da coluna e na respiração.
Benefícios: "O mais excelente dos asanas, Paschimottanasana, faz a respiração fluir pelo Sushumna , desperta o fogo gástrico, livra o corpo das gorduras e remove todas as doenças" (Hatha Yoga Pradipika, capítulo 1, vs 30). Proporciona uma poderosa massagem e estimula as vísceras abdominais, principalmente o fígado e o baço.Tonifica os órgãos pélvicos por isto é usado especialmente para eliminar doenças sexuais da mulher. Tonifica todos os órgãos digestivos e melhora a digestão. Regula os intestinos, aumenta os movimentos peristálticos e combate a constipação. Ajuda a regular as funções pancreáticas, que controlam o metabolismo dos carboidratos e o nível de açúcar no sangue, sendo assim um valioso asana para pacientes diabéticos e hipoglicêmicos. Todo o sistema nervosos é revigorado. As juntas são mobilizadas, a coluna torna-se elástica e mantém-se o corpo mais jovem. A prática regular ajuda a aliviar a compressão na coluna e ciática. Fortalece e alonga as regiões do tendão do jarrete (parte posterior do joelho), lombar e sacra. Acalma a mente. Excelente para o despertar espiritual.
Histórias, lendas e mitos:Os deuses das direções

Nenhum comentário:

Postar um comentário