terça-feira, 29 de outubro de 2013

Basti e Kapalabhati

a) Jala Basti ( O enema yoguico)
Técnica: Fique com água limpa até o umbigo. Um rio que flua é um lugar ideal. Incline-se pra frente e coloque as mãos nos joelhos. Relaxe o esfincter anal e execute simultaneamente Uddiyana bandha e Nauli de forma que entre água nos intestinos.Mantenha um pouco e logo expulse-a pelo ânus. 
Benefícios: Purifica o sangue ao limpar o colon e remover o material fecal velho e expulsar os gases. Os praticantes avançados de pranayama usam Basti para reduzir o calor abdominal que produzem suas práticas.
Prática alternativa
Muitos dos benefícios de Basti podem ser obtidos sentando-se em água limpa e fresca até o umbigo e praticando Ashuini mudra.
b)Sthal Basti (Basti seco)
Técnica:
Sente-se na postura final de Paschimottanasana. Faça  Ashuini mudra vinte e cinco vezes colocando o ar nos intestinos. Retenha-o por algum tempo e expulse-o pelo ânus. Produz os benefícios de  Ashuini mudra.

Kapalabhati
Se divide em três classes:
a) Vatkrama Kapalohati (o grito de ar)
Esta variedade se conhece como Kapalabhati pranayama
b) Vyutkrama Kapalabhati (grito dos seios)
Se introduz água pelo nariz e solta-se pela boca. Sua prática e benefícios são como os de Jala neti.
c) Shitkrama Kapalabhati (grito frio)
Esta prática deve se ingerir água pela boca e expulsá-la pelo nariz. Os benefícios são os mesmos que Jala neti , porem mais eficaz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário