quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Utthita hasta padangusthasana - postura da mão e pé elevados


Variação I
Técnica: Fique em pés com os pés juntos e com as mãos na cintura. Relaxe todo o corpo. Dobre a perna direita pelo joelho e traga a coxa perto do peito o máximo que puder. Segure no dedão com a mão direita colocando o braço pelo lado de fora da perna. Alongue a perna e lentamente a eleve. Mantenha a postura durante um período de tempo confortável, solte o pé, abaixe a perna lentamente mantendo-a reta. Repita o processo com a perna contrária. 
Variação II
Técnica: Repita a técnica da variação I, porem em vez de segurar o dedão, entrelace os dedos das duas mãos e coloque as no tornozelo do pé elevado. Utilizando os braços como alavancar eleve a perna o máximo que puder próximo da cabeça. Os praticantes avançados podem tocar com o queixo a perna elevada. Permaneça algum tempo na postura final e depois solte a perna e lentamente volte a posição inicial. Repita com a outra perna. 
Variação III

Técnica: Fique em pé com os pés juntos. Dobre a perna direita pelo joelho e traga a coxa próxima ao peito o tanto que puder. Com a mão direita segure o dedão e o tornozelo do pé elevado, colocando o braço por dentro da perna. Alongue a perna levando-a para a lateral. Eleve o braço esquerdo com a mão apontando para cima e a palma voltada para dentro. Permaneça na postura final o tempo que for comodo.. Solte o pé e volte para a postura inicial. Repita com a outra perna. 
Respiração: Expire ao endireitar a perna levantada e logo inspire. Expire ao levar para o lado. Na postura final respire profunda e lentamente. Expire ao voltar a posição inicial.
Permanência: Permaneça na postura final por um minuto. Isto se aplica as três técnicas. Quem não conseguir manter a postura pode repetir cinco vezes com cada perna. Se tiver tempo disponível pratique as três variantes. 
Concentração: Em um ponto a frente e no corpo.
Benefícios: Este asana melhora a concentração e coordena o equilíbrio muscular e nervoso. Fortalece e alonga os músculos das pernas.
Histórias, Mitos e Lendas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário