segunda-feira, 20 de maio de 2013

Arrepio


Uma aluna me fez a pergunta: No final da prática quando eu me sento, ou me deito sinto um arrepio pelo corpo e é estranho, diferente, o que é isto? Alguns professores fazem uma interpretação errada deste tal arrepio e inventam mil coisas, mas a resposta é esta: nada de uma iluminação, sinto, mas você ainda não atingiu o Samadhi é só o seu corpo adaptando-se a temperatura:  
Arrepio é uma função corporal humana em resposta ao frio. Quando a temperatura interna do corpo diminui, o reflexo de arrepio é disparado. Os grupos de músculos em volta dos órgãos vitais começam a tremer em pequenos movimentos na tentativa de criar calor gastando energia. O arrepio protege o corpo das baixas temperaturas. O ar é um dos melhores sistemas de isolamento térmico.
Em baixas temperaturas, ocorre o arrepio. Os pelos levantados fazem com que uma camada de ar fique parada sobre a pele, funcionando como isolante térmico. O músculo eretor do pelo é o responsável pelo arrepio. Ao mesmo tempo, o corpo provoca a vasoconstrição (diminuição do calibre dos vasos que percorrem a pele), reduzindo o volume de sangue que passa por ela. Desta forma, diminui a quantidade de sangue esfriado, o que evita uma maior perda de calor do corpo.
Quando há um momento de romance ou de troca de carinhos, também se pode ocorrer o arrepio devido à explosão de hormônios.
Mas na verdade os arrepios ocorrem porque o corpo responde a mudança de temperatura da Terra. O mundo tem a rotação normal dele, estereotipa como os arrepios que mudam devido à temperatura do ambiente como já dito.
E é só isto, nada mais... Realmente o corpo humano é algo maravilhoso! Quer conhecer melhor o seu corpo, experimente Yoga!
Yatna, seja bom! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário